ACERVO MUSICAL

Acervo Musical

Diretório de composições dos baluartes portelenses e seus parceiros.

LUIZ CARLOS MÁXIMO

LUIZ CARLOS MÁXIMO
       

Biografia

Compositor. Letrista e jornalista.

Nasceu no bairro de Vila da Penha, subúrbio do Rio de Janeiro.
Trabalhou como apresentador e produtor dos programas "Resistência das Esquinas" e "Bicuda na Bola", na rádio comunitária Bicuda FM, da Vila da Penha no programa "Toque de Letra", da rádio Viva Rio.
Como repórter atuou na revista "Vanguarda" e em outras publicações da Editora Vanguarda e como repórter e editor do jornal "Movimento", do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Sintrasef).
Em 2004, a convite de Carlos Monte, passou a integrar a Ala de Compositores da Escola de Samba Portela.

Dados Artísticos

Em 2000, no CD "Geografia popular", Marquinhos de Oswaldo Cruz incluiu "Olhos marejando", parceria de ambos. Neste mesmo ano a cantora Dorina interpretou "Verde-bandeira" (c/ Marquinhos de Oswaldo Cruz) no CD "Samba.com".
No ano de 2004 Wanderley Monteiro no disco "Vida de Compositor" incluiu "Papo de amador" (c/ Wanderley Monteiro e Zé Luiz do Império) e "Vozes do subúrbio" (c/ Wanderley Monteiro). Neste mesmo ano Tia Surica interpretou "Manto de beleza", em parceria com Wanderley Monteiro, no disco homônimo da cantora. Ainda neste ano compôs com Wanderley Monteiro o samba-enredo "Vestida de azul", chegando à final da escolha de samba-enredo da Escola de Samba Portela naquele ano.
Em 2005 sua composição "Conceição da praia", interpretada por Luiza Dionizio, foi incluída na coletânea "Renascença Samba Clube - Samba do Trabalhador" (Lua Music), produzido por Moacyr Luz e com produção musical de Rildo Hora.
No ano de 2007 Juliana Amaral no CD "Juliana samba" interpretou de sua autoria "Vestida de azul", parceria com Wanderley Monteiro; Diogo Nogueira no CD e DVD "Ao vivo" cantou "Vi no teu olhar" (c/ Wanderley Monteiro); Renata Jambeiro no CD "Jambeiro" regravou "Conceição da Praia" e o parceiro Marquinhos de Oswaldo Cruz no CD "Memórias de minha alma" incluiu as composições "Memórias", "Na rua, a varanda", "Pé de moleque" e "Verde-bandeira", todas parcerias de ambos. No ano seguinte sagrou-se campeão no "2º Festival de Samba de Quadra da Portela" com a música "Novo enredo", em parceria com Wanderley Monteiro. A composição, interpretada pelo puxador e intérprete Gilsinho, foi incluída no CD homônimo patrocinado pela Secretaria de Cultura do Município do Rio de Janeiro.
Em 2009 foi autor do samba-enredo "E por falar em amor, onde anda você?" (c/ Wanderley Monteiro, Diogo Nogueira, Ciraninho e Naldo) com o qual a Portela desfilou e classificou-se em 3º lugar do Grupo Especial, sendo incluído no CD "Sambas de Enredo 2009". Neste mesmo ano Moiseys Marques interpretou "Panos e planos" (parceria de ambos) no CD "Fases do coração". No ano posterior, em 2010, a cantora Luiza Dionizio, no CD "Devoção", incluiu de sua autoria "Vila do meu coração" (c/ Luiz Carlos da Vila); "Conceição da praia" e "Velho amigo", em parceria com Paulo César Pinheiro.
Entre seus parceiros constam Ratinho (Alcino Correia), Wilson Moreira, Delcio Carvalho, Toninho Nascimento, Evandro Lima, Abel, Toninho Geraes e Riko Dorilêo.
Em 2011 o samba enredo “E o povo na rua cantando. É feito um reza, um ritual...”, de sua autoria em parceria com Wanderley Monteiro, Toninho Nascimento e Naldo, foi escolhido como o samba da Portela para o carnaval de 2012.
Pelo segundo ano consecutivo o samba enredo “Madureira...onde o meu coração se deixou levar”, de sua autoria ao lado de Wanderley Monteiro, Toninho Nascimento e André do Posto 7, foi escolhido para representar a Portela na avenida. No ano seguinte também venceu com o samba “Um rio de mar a mar: Do valongo à glória de São Sebastião”, de sua em parceria com Toninho Nascimento, Waguinho, Edson Alves e J. Amaral, para ser enredo do desfile da Portela para o carnaval de 2014.

Letras no Acervo Musical



Discografia


Fontes/Citações

http://dicionariompb.com.br

Facebook oficial do Compositor: https://www.facebook.com/luiz.c.maximo