75 ACERVO MUSICAL

Acervo Musical

Diretório de composições dos baluartes portelenses e seus parceiros.

DOCE AMOR


DOCE AMOR MEU GRANDE SONHO
ME DEIXASTE TÃO TRISTONHO
EM DIZER QUE VAIS EMBORA
ARRUINASTE A MINHA VIDA
SEM SABER MINHA QUERIDA
COMO EU LAMENTO E CHORO

DEIXA EU VIVER NA INOCÊNCIA
QUE A FALTA DE CONSCIÊNCIA
NESTE AMOR
É MAIOR QUE A PRÓPRIA DOR

UM POETA ESCREVEU PARA NÓS DOIS, Ô FLOR
LINDOS VERSOS, SEU PASSADO FOI TRISTONHO
AO RELER OS SEUS POEMAS TEVE QUEM CHOROU
EM SABER QUE FOI VOCÊ QUEM ME DEIXOU