ACERVO MUSICAL | Consulado da Portela de SP

FALSO PAI DE SANTO

BETINHO DA BANLANÇA / MONARCO /


NÃO VOU ME EMBORA NEM QUE O
MEU PATRÃO ME MANDE
SÓ DEPOIS DA HORA
GRANDE EU VOU SUBIR
DIZIA O MOÇO VESTIDO DE BRANCO
SE DIZENDO PAI DE SANTO
NO TERREIRO DO SEU TIRIRI

NO TERREIRO DO SEU TIRIRI
SE ERRAR O CORO COME
TIRIRI LEVOU O HOMEM LÁ
PRO FUNDO DE QUINTAL
APANHOU UMA GARRAFA DE MARAFO
MISTUROU COM AZEITE DE DENDÊ
UM PEDAÇO DE FUMO E PIMENTA
BOTOU NA PANELA PRA FERVER
E MANDOU O CRIOULO AJOELHAR
E TOMAR TUDO AQUILO DE UMA VEZ

DISSE: NÊGO, TU VAI ME PAGAR
A VERGONHA QUE ME FEZ

TIRIRI DEU GARGALHADA
OLHOU PRO CLARÃO DA LUA E DISSE
MOLEQUE, TU VAI APRENDER
A RESPEITAR POVO DE RUA



CONSULADO DA PORTELA DE SP |